E o blog aqui vai para mais uma Blogagem Coletiva #PatrimoniosUnesco, visitando diversos Patrimônios da Humanidade neste mês de Agosto em que se comemorou no dia 17, o Dia Nacional do Patrimônio Histórico. Pensei em falar sobre o Centro Histórico de Salvador, mas lembrei que tenho dois lugares maravilhosos que conheci em Portugal e não estão aqui no blog: Sintra e Porto.


SINTRA




Em 2011, visitei Sintra na companhia de uma amiga que morava em Lisboa. Como não tínhamos muito tempo naquele dia e usaríamos transporte público, ela me propôs o seguinte: conhecer Cascais ou Sintra. Eu que não fazia ideia de nenhuma das duas perguntei um pouco mais e daí fomos para Sintra. Pegamos o comboio na bela Estação Rossio, em Lisboa, e descemos na Estação de Sintra. Chegamos perto do meio dia. Almoçamos por ali mesmo num restaurante chinês ( não lembro o nome, mas fica logo na entrada da cidade ao sairmos da Estação de trem) com uma belíssima vista para a Serra e um vale.

Estação de comboios de Sintra


Continuamos nosso roteiro a pé, passando pela Fonte Mourisca de Sintra até a praça onde fica o Palácio Nacional de Sintra, na Freguesia de São Martinho

Fonte Mourisca


Passamos na Periquita, local imperdível em que compramos os famosos travesseiros de Sintra.  Ainda no embalo, experimentei a ginja,
uma espécie de licor, no copo de chocolate. Ficamos ali na praça, aproveitando a sombra da tarde e um clima de verão muito
bom. Mas veja que estou com uma blusa de manga comprida, rsrs.

ginja no copo de chocolate

travesseiros de Sintra

Palácio Nacional de Sintra


Parece que isso já era o suficiente para saber que a escolha foi bem feita. Mas daí, minha amiga me fez outra proposta: irmos na Quinta da Regalera ou pegar um bondinho elétrico e irmos até a Praia das Maçãs. Minha tendência praiana falou mais alto, rsrs. Meu Deus, que passeio sensacional! A paisagem que se apresentava ao passo que descíamos do Centro até a costa era show de bola. Tudo bem que eu não me arrisquei a entrar nas águas geladas do Atlântico daquela praia, mas o vista foi revigorante.

elétrico para a Praia das Maçãs

Praia das Maçãs

Ficamos ali por pouco tempo, comemos algo e retornamos para Sintra, e de lá pegamos um comboio para Lisboa. 

Sintra tem muito mais para se ver, como exemplo:

Palácio Nacional da Pena
 

Foto: Blog Ligado em Viagem do Edson Amorina Jr


Quinta da Regalera
 

Foto: Blog Ligado em Viagem do Edson Amorina Jr

Castelo dos Mouros 

Castelo dos Mouros e a lua

Para saber mais acesse o site dos Parques de Sintra(clique aqui).

E por que Sintra foi classificada como Patrimônio da Humanidade?

No séc. XIX, Sintra tornou-se o primeiro centro da Arquitectura Romântica Europeia. Fernando II, transformou um mosteiro em ruínas num castelo, em que esta nova sensibilidade deixa-se ver pelo uso de elementos do estilo Gótico, Egípcio, Mourisco e do Renascimento, e a criação de um parque que mistura espécies exóticas com as locais. Outras habitações luxuosas, foram construídas pela mesma linha ao longo da serra, criando uma combinação única de jardins e parques que acabaram por influenciar a arquitectura paisagística por toda a Europa.

Fonte: Pombaline Baixa or Downtown of Lisbon/ UNESCO.

PORTO




Tudo bem que conheço quase nada de Portugal, mas acho difícil ter uma cidade que me impressione tanto como esta. Talvez o Porto lembre muito Salvador. O rio Douro cortando a cidade proporciona um visual exuberante e que durante a noite ganha ainda mais vida. Simplesmente me apaixonei por esta cidade.


A noite do Porto é encantadora Foto: Blog Projeto 101 Países da Gabriela Moniz


Conheci esta cidade em 2012, com a mesma amiga que morava em Lisboa, saímos cedo da capital de Portugal de comboio que tomamos na Estação de Santa Apolônia. Uma viagem tranquila com algumas paradas e no início da tarde chegamos na Estação Campanhã, no Porto. Aqui encontrei uma senhora que ao perceber que eu era brasileira, começou a falar mal de Portugal e dizer que o Brasil estava bem melhor em sentido político e financeiro, rsrs (só pra lembrar: isso foi em 2012). A Estação possui guarda volumes, caso necessite.

estação de comboios Campanã

Reservamos um hotel baratíssimo, mas localizado um pouco afastado do Centro, porém nada que o transporte público não resolvesse. Um hotel muito bom naquela época, chamado: Star inn Porto . Não sei como está hoje, mas recomendo.


Bom, passamos apenas 2 dias no Porto e visitamos os seguintes locais:

Vila Nova de Gaia

Cais de Vila Nova de Gaia

  

Paço Episcopal do Porto


Adegas de Vinho do Porto 


Teleférico de Gaia


Avenida dos Aliados



Ribeira



Torre dos Clérigos vista desde Praça da Liberdade

Café Majestic

Mais do que um café, o Majestic conta a história do Porto e começou a funcionar em 1921. Muito frequentado por intelectuais da época e hoje pelo turistas.


Fotos do site do Café Majestic

Paramos ali, e adentramos o espaço belamente ornamentado ao estilo belle epoque. Pedimos uma torta e um café, mas o que não esqueço era o som que saia do piano, uma música de Ivete Sangalo.

Estação de São Bento

Não é uma estação qualquer, é pura arte, história e beleza retratada nos azulejos que circundam o vão principal, que é bem capaz de um de nós perdermos um trem (comboio) de viagem, rsrs.

Foto: Blog Ligado em Viagem do Edson Amorina Jr

Foto: Blog Ligado em Viagem do Edson Amorina Jr

Os azulejos, foram produzidos na Fábrica de Sacavém e instalados entre 1905 e 1906 pelo artista Jorge Colaço, que, nessa altura, se afirmava como o mais popular azulejador em Portugal.

Foto: Blog Ligado em Viagem do Edson Amorina Jr


E por que o Centro Histórico do Porto é considerado um patrimônio da Humanidade?

A cidade do Porto, construída sobre as colinas com vista para o rio Douro, é uma ilustre paisagem urbana com mais de 2,000 anos de história. O seu continuo crescimento, ligado ao mar (os Romanos chamavam-lhe Portus, ou porto), pode ser visto nos muitos e variados monumentos, desde a catedral com o seu coro Romanesco, ao Neo-Clássico Palácio da Bolsa até ao estilo manuelino tipicamente português da Igreja de Santa Clara.

Fonte: Historic Centre of Oporto /UNESCO.

Minha amiga Ester

bares e restaurantes na orla de Vila Nova de Gaia e as diversas adegas de vinho do Porto

não pode faltar bacalhau

 a famosa francesinha foto: Blog Projeto 101 Países da Gabriela Moniz

Ponte Dom Luís

Se você deseja programar suas viagens de trem/comboio por Portugal é só acessar o site da Companhia de Comboios. (clique aqui).

Este post foi feito com muito carinho para mais uma Blogagem Coletiva do Grupo Pequenos Grandes Viajantes, assim confira outros patrimônios espalhados pelo mundo, através dos relato destes blogueiros:

– Viajonários – Patrimônios Mundiais da UNESCO
em Londres

– Destinos
por onde andei… – 
Salvador, Patrimônio Mundial da
UNESCO

– Viagens
que Sonhamos – 
Pampulha

– Pequeno
Grande Mundo – 
Patrimônios Mundiais da UNESCOem Malta

– Mineiros na Estrada – O que ver e fazer em Machu Picchu

– Mochilão
Barato – 
Missões Jesuítas no Paraguai

– Projeto
101 Países – 
Persépolis: a joia preciosa do
Irã

– Uma
Senhora Viagem – 
Olinda, Linda cidade, Lindo
patrimônio

– Cantinho de Ná – Palácio de Versalhes. Patrimônio UNESCO com louvor.

– Trippolis
– 
Distrito Histórico de Quebec

– Viviendo
en el México Mágico – 
México e a UNESCO!

– Por aí com os Pires – Foz do Iguaçu – Parque Nacional do Iguaçu

– Tá indo pra onde? – Patrimônios da UNESCO na Alemanha


– Na dúvida, embarque – Itália: o país com mais Patrimônios da Humanidade


– Destino Mundo Afora – Cinco patrimônios mundiais da Unesco para visitar no Brasil e Estados Unidos

Comments

  1. Menina, eu sei que o post é de Patrimônio UNESCO, mas babei com a sua ginja. rsrsrs

    O que mais curti foi o Palácio Nacional da Pena e a Estação de São Bento. Minha predileção por cores atacando…

    Lindo post! Parabéns!

  2. Oi Vaneza, lindo post, adorei. Estive em Lisboa ano passado e queria muito conhecer estas duas cidades imperdíveis de Portugal, mas realmente não deu tempo, porque tinha que ver muita coisa em Lisboa, mas na próxima não perco por nada desse mundo. Beijos.

  3. Portugal é meu próximo destino, em outubro, e já estou superansiosa. Adorei as dicas de Porto e Sintra, dois lugares que já estão certíssimos no meu roteiro.
    PS: Amo quando estou no exterior, entro em algum lugar e está tocando música brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *